SMSBVC - Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo

Indicadores de Gestão 2014

SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS E RESPETIVAS TAXAS DE COBERTURA

A proteção da água, seja em termos de qualidade seja em quantidade, é uma questão prioritária na maioria das agendas públicas, não só na União Europeia mas também ao nível mundial e nacional, regional e local. Gerir a água como um recurso natural preponderante, acaba por ser um enorme desafio que se coloca aos SMSBVC e demais empresas congéneres uma vez que nos obriga constantemente a repensar objetivos e procurar os melhores modelos administrativos que defendam o valor deste recurso natural e essencial. No uso das suas competências a Divisão Comercial e Atendimento, tem tentado junto dos seus clientes fazer chegar uma mensagem que se pretende conciliatória entre o rigor das diretivas e preceitos legais a que todos estamos obrigados enquanto Entidade Gestora e os custos dos serviços inerentes a essas mesmas obrigações. Neste âmbito Viana do Castelo continua a crescer de forma sustentada e a investir estrategicamente para o aumento das taxas de cobertura na distribuição de água, no saneamento e na recolha de resíduos sólidos urbanos, que representam no final de 2014 os valores abaixo indicados, de acordo com os novos indicadores da ERSAR.

 

indica2014 (10)

 

indica2014 (10)

À medida que os serviços foram sendo disponibilizados, tem vindo a ser implementado um crescimento sustentável do número de clientes, em que numa primeira fase desejamos que essa adesão seja voluntária, mas depois e fruto da legislação para o setor terá de ser fruto de notificação nesse sentido. 

 

 indica2014 (12)

EVOLUÇÃO E CARATERIZAÇÃO DOS CLIENTES

Apesar da conjuntura económica ainda desfavorável e de fenómenos da emigração que se fizeram sentir, o número de novos clientes de Água, Saneamento e Resíduos Sólidos tem vindo a crescer, devendo-se este crescimento também ao aumento da disponibilidade dos serviços. A sua tipificação está expressa no gráfico seguinte:

indica2014 (13)

Os serviços disponibilizados estão distribuídos em dois grandes grupos, doméstico (88%) e não-domestico (12%).

indica2014 (14)

APOSTA EM NOVAS TECNOLOGIAS (TELECONTAGEM E TELEMETRIA)

indica2014 (15)Os SMSBVC continuam a apostar na evolução tecnológica, não como mera modernização, mas sim porque vão ao encontro das necessidades do mercado e anseios dos seus clientes. Nesse sentido já instalamos 9035 contadores inteligentes em várias freguesias e em todas as zonas industriais. Estes novos meios tecnológicos permitem uma maior interação com os nossos clientes não-domésticos em termos de acompanhamento dos próprios consumos (nesta altura apenas nas zonas industriais), bem como alertas de anomalias e aviso de consumo anómalos aos clientes domésticos.

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG)

indica2014 (16)As ferramentas de Informação Geográfica são mecanismos dinâmicos, assentes em bases de dados que requerem uma reposição de informação diária, para que as informações sejam cada vez mais precisas e credíveis. Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) implementados nos SMSBVC, continuam focados em duas áreas estratégicas: a análise de dados infraestruturais e a reestruturação/incrementação de cadastro e o preenchimento de dados de referência. Ao longo do último ano, continuamos a melhorar o acesso e as ferramentas de análise de redes, que disponibilizamos no “Geoportal” MuniSIG Web possibilitando a todos os colaboradores e técnicos um acesso mais rápido, intuitivo e completo. Ao longo do último ano, continuamos a desenvolver vários modelos geográficos complexos (Model Builder) que nos permitem a exportação, em tempo real, de alguns dos dados reportados à Entidade Reguladora (ERSAR).

EVOLUÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA

Conforme se pode analisar na figura seguinte, os SMSBVC podem-se orgulhar do excelente trabalho desenvolvido em prol da garantia e melhoria da qualidade da água, pois em 8 anos conseguiu-se eliminar os incumprimentos, passando de quase 60 para valores muito reduzidos. Por outro lado, o apoio prestado aos sistemas geridos pelas Juntas de Freguesia conseguiu-se fazer baixar de cerca de 140 para 13 incumprimentos em 2014.

 

indica2014 (17)

 

EVOLUÇÃO DA RECOLHA INDIFERENCIADA

Os SMSBVC têm a seu cargo a recolha e transporte dos resíduos sólidos urbanos indiferenciados, produzidos nas quarenta freguesias do concelho. No ano de 2014 os resíduos depositados diretamente em aterro tiveram um ligeiro aumento que contrasta com os anos transatos.

indica2014 (18)

Em relação a 2013, regista-se um ligeiro aumento de RSU para aterro na ordem das 527 toneladas.

Importante salientar, apesar deste aumento em 2014, que desde o ano de 2006 regista-se um desvio de RSU de aterro na ordem dos 15% o que corresponde a menos 6043 toneladas depositadas em aterro.

No dia 20 de novembro de 2013 iniciou-se o processo de recolha de resíduos por carga lateral, nas freguesias de Afife, Alvarães, Carreço, Nogueira, Outeiro. A implementação deste sistema é inovador no nosso país e pioneiro no norte e traz inúmeras vantagens, entre as quais destacam-se:

  • Maior adesão à recolha seletiva por parte da população;
  • Aumento da capacidade de carga dos equipamentos;
  • Aumento dos níveis de segurança;
  • Redução do ruído nas operações;
  • Redução do número de operadores;
  • Dispensa de construção de local para instalação de contentores;
  • Diminuição da frequência de recolha;
  • Diminuição das emissões de CO2.

Uma das principais diferenças em relação ao sistema de recolha traseira são os novos contentores de 2400 Lts.

indica2014 (21) 

FRAÇÕES VALORIZÁVEIS

O gráfico seguinte demonstra o esforço conjunto entre Resulima e SMSBVC no desvio de aterro das frações valorizáveis. Os quantitativos apresentados são fornecidos pela Resulima e encontram-se distribuídos do seguinte modo: somatórios dos resíduos recolhidos em ecopontos, entregas diretas do município e entregas diretas de particulares. Verifica-se um ligeiro aumento em todas as fileiras passíveis de valorização.

indica2014 (22)

Em 2014 recolhemos mais 21,44 Ton. de biorresíduos alimentares e de cozinha em relação ao ano transato, o que evidencia o sucesso desta parceria iniciada em 2010 com os estabelecimentos de ensino e instituições sem fins lucrativos, que posteriormente foi alargada aos estabelecimentos de restauração e bebidas assim como às frutarias, que permitiu-nos desviar de aterro 563,88 ton. de biorresíduos em 2014.

Em relação a 2012 recolhemos mais 61,32 ton. o que demonstra o crescimento e a sustentabilidade deste projeto.

indica2014 (10)

No ano de 2014 iniciamos o projeto de valorização de biorresíduos de espaços verdes, que nos permitiu assim desviar de aterro 42,42 ton.

CERTIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS

indica2014 (25)Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo - SMSBVC, no cumprimento da sua missão de serviço público no sector Águas e Resíduos, estão empenhados na defesa e promoção dos princípios do desenvolvimento sustentável. Como tal, encontram-se certificados pela APCER-Associação portuguesa de Certificação, nas normas de Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no trabalho.

Em 2014, os SMSBVC apostaram na integração do seu sistema de gestão, já certificado, com um Sistema de Segurança Alimentar (NPENISO 22000), de forma a promover a utilização de segura da água no concelho.

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SERVIÇO

A entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) reconhece as entidades gestoras de excelência no que respeita à qualidade dos serviços de abastecimento público de água, saneamento de águas residuais urbanas e gestão de resíduos urbanos. Em 2014 a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) decidiu atribuir aos Serviços Municipalizados de Viana do Castelo, o “Selo de Qualidade exemplar da água para consumo humano 2014”.
O selo de Qualidade Exemplar da Água para Consumo Humano, pretende evidenciar as entidades gestoras responsáveis pelo abastecimento de água em Portugal que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma qualidade exemplar de água para consumo humano, nomeadamente verificando e cumprindo todos os critérios previstos no respetivo regulamento.
Os Serviços Municipalizados de Viana do castelo, foram também vencedores do prémio de “Qualidade de serviço de saneamento de águas residuais urbanas prestado aos utilizadores”.
Este reconhecimento, junta-se ao Prémio atribuído em 2012, de “Qualidade de serviço de gestão de resíduos urbanos prestados aos utilizadores”.

 

Acessos Rápidos

factura electrónica

factura

tarifarios

leituras

Piquete

Piquete

 

reduza_consumo

Autenticação Funcionários

Menu principal

Subscrever Newsletter


SMSBVC - Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo © 2009 Desenvolvido por José Costa